Quem somos

E

m meados da década de oitenta, um grupo de amigos começou a fazer longas viagens para participar de encontros motociclísticos por todo Brasil e alguns países da América do Sul. Em 1993 nasce uma idéia, de repente, esta idéia compartilhada por amigos torna-se um sonho. O sonho de uma sede Própria, que seria a única do gênero no Brasil.

Só em 15 de outubro de 1994, nasce o MC Águias do Agreste que contava com apenas nove integrantes: Agamenon Raimundo, Roberto Leonel, Hiromar Nunes, Jorge Luiz, Normando Castanha, Armando da Fonte, João Cãndido, Ednaldo (Zé Mingau), Fernando (Puiga), Marcos (Papa veia) e George Leocádio. Este grupo depois resolveu realizar um sonho: construir uma sede própria. As dificuldades foram surgindo como o fato de alguns companheiros não quiserem arcar com as despesas de construção, mas isso não foi motivo para desistência dos demais. Enfim estava erguido o Ninho das Águias, singelo, porém confortável.

Hoje nossa sede conta com uma estrutura invejável, estacionamento próprio, escritório, piscina, lava-a-jato para motos, bar, sala vip, sala de jogos, banheiros, salão de danças e recepções e grande área arborizada. Orgulhamo-nos de nosso ninho porque além de tudo não há mais que três clubes em todo Brasil com estrutura parecida.

Assim como toda entidade, temos que enfrentar as dificuldades que surgem no nosso dia a dia. A organização, a manutenção, a direção de um clube dito como de laser, também nos traz alguns desafios.

Entre as dificuldades que encontramos talvez uma represente o maior desafio: O de mostrar que nós motociclistas não somos o que às vezes a mídia de forma errônea passa para a sociedade, a imagem de “irresponsáveis sobre duas rodas aprontando por onde andam”. Não é por aí! Temos uma conduta que desaprova o mau comportamento ou o desrespeito à Lei.

Não somos apenas um grupo de pessoas em busca de diversões e aventuras. Somos talvez as poucas pessoas que se dispõe a ajudar nas suas horas de laser. Fazemos de nosso hobby um estilo de vida, e não abrimos mão dele.

Ao longo desses 15 anos o MC Águias do Agreste vem construindo um nome, que é reconhecido como uma das entidades mais respeitadas do Brasil no meio motociclístico. Para nós a família é a principal entidade.

A forma do brasão lembra o escudo da marca de motocicletas Harley Davidson de ponta cabeça.

Realizamos eventos motociclísticos de grande porte como o Águia MotorCycle, que acontece todo ano e inúmeras festas em nossa sede, passeios, viagens e através de parcerias com empresas, campanhas e ações sociais - filantrópicas ou educativas - fazem parte de uma deliciosa rotina em nossas vidas.

O Águias Do Agreste ao longo do tempo, assim como as entidades modernas, com critérios na escolha de cada sócio, busca o crescimento de forma cautelosa a fim de promover uma boa imagem de seus integrantes. Hoje a “família Águias” conta com associados das mais diversas áreas profissionais em Caruaru e facções espalhadas por mais de seis estados da federação. Mas sempre levando em consideração que não basta ter algumas qualificações, seja de ordem profissional ou de personalidade. Para ser “Águia” existem alguns pré-requisitos como ser aceito por todo grupo, ser amante do motociclismo, respeitar as normas vigentes do código nacional de trânsito, não ter antecedentes criminais (estar limpo com a justiça), ter um responsável como indicador, conviver em harmonia com o grupo, respeitar o estatuto e ser leal aos companheiros.

Nossa principal meta é de tornar o nosso grupo um instrumento de ajuda a nossa sociedade. Não temos a pretensão de ser o maior grupo motociclístico do Brasil, mas temos o ideal de ser o melhor possível em valores humanos.